Criatividade, artes & cultura.

Pesquisas, conteúdo e experiências.

DICAS PARA ENFRENTAR A QUARENTENA DO CORONAVÍRUS

Texto originalmente escrito para o blog You Must Go

Grand canale de Veneza no início da quarentena, em 10/03/2020. Foto por Cris Piloto

Aqui na Itália, estamos vivendo tempos de muito medo de contrair o vírus, medo do futuro próximo e ao mesmo tempo o tédio de ficar em casa todos os dias até não sabemos quando! A administração desses dois sentimentos, do medo e do tédio, tornou-se um grande desafio pra cada um e não adianta reclamar ou achar que pode fugir. Esse é um período delicado no mundo todo e devemos aprender a nos adaptar da melhor forma. É normal que no começo da quarentena você sinta fadiga, sono ou acorde muito mais cedo que o habitual. Nos primeiros dias, dá aquela sensação que você não vai conseguir mas confie que depois de mais ou menos 5 dias o organismo de adapta e você pode criar um modo de viver que funcione bem para você!

 

O seu dia

Agora você tem o dia inteiro só para você, para a sua casa, sua família e para organizar da melhor forma as suas atividades. Eu vivi a transição de 15 anos de rotina de escritório para uma vida independente e aprendi um pouco sobre a administração do tempo e foi um aprendizado me ajudou nesse momento de quarentena e é isso que eu quero compartilhar!

Eu não uso as palavras rotina ou to do list.  Tem duas ferramentas que me ajudam muito no meu dia a dia. O meu pulsar diário e o cardápio de atividades. Aprendi na yoga a construir esse pulsar diário baseado nas coisas que são mais importantes para o bom funcionamento do meu organismo e que mantém a minha energia produtiva. E ao invés de uma to do list eu tenho um cardápio de atividades.

O pulsar diário

O pulsar diário são as atividades que você deve fazer preferencialmente sozinho para se manter bem física e emocionalmente. São as coisas essenciais para você que te nutrem e te despertam durante todo o dia. Para decidir esse pulsar, você deve olhar para o seu ritmo natural, se você se sente mais ativo de manhã ou depois do almoço, por exemplo. No seu pulsar, você determina o que é vital para você todos os dias. Por exemplo, o meu pulsar diário ideal é: escrita criativa matinal (eu mantenho um diário muito particular onde escrevo meus sonhos, insgiths, coisas que eu fiz, meus sentimos – até aqueles do tipo ‘odeio essa cortina, mas nunca lembro de trocá-la’) essa escrita funciona muito bem para mim como um aquecimento da mente. Eu me conecto com o que estou pensando para o dia e me organizo a partir dessa escrita. Além da escrita, o meu pulsar diário inclui a prática de yoga e meditação e 30 minutos de uma atividade que me faça sentir bem (um hobbie). Se você tiver a oportunidade de fazer também uma caminhada ou atividade ao ar livre durante a quarentena (nós aqui somos liberados para isso 1x ao dia), essa atividade pode entrar no seu pulsar.
Então, a estrutura básica do meu dia é a partir do meu pulsar diário:

7h – escrita criativa

Manhã – Caminhada

Depois do almoço – prática de hobbie

18h – yoga / meditação.

O cardápio de atividades

O ‘cardápio de atividades’ é onde você visualmente escreve ou desenha tudo que precisa e pode fazer nesse período. Aqui você coloca desde arrumar armários como as reuniões virtuais superimportantes do seu trabalho remoto. Esse painel te ajuda visualmente a organizar o seu dia. Esse não é o seu planejamento, é o seu espaço livre para escrever as atividades que devem e podem ser realizadas nesse período.

Com essas duas ferramentas de administração do tempo, você começa a se organizar e planejar o seu dia para cumprir o que é importante pra você, manter a sanidade mental e cumprir as suas obrigações.

Planejamento

Quando você planejar o seu dia, uma sugestão é que você se organize em ‘blocos’ como se fosse uma grade de horário escolar. Você planeja uns 50 minutos de atividade e se concentra nesse período a não deixar os ‘sugadores’ de foco atuarem. Por exemplo, se você reservou aqueles 50 minutos para arrumar um armário ou para fazer uma apresentação do seu trabalho, você coloca o celular no silencioso, não liga a TV nem deixa uma janela de chat aberta. Se alguém precisar falar com você com urgência, essa pessoa vai te encontrar. Se não for urgente, você sabe que depois desses minutos você estará de novo disponível para responder as mensagens. (Claro que cada um administra da melhor forma se vai bloquear totalmente o telefone ou se dá aquela olhadinha se o chefe procurou).

Outra coisa muito importante nesse período de quarentena é FAZER VOCÊ MESMO olha que oportunidade maravilhosa de cozinhar todas as receitas que você salvou no Piterest ou ter a certeza que o vírus não vai entrar na sua casa porque você mesmo limpou todas as maçanetas! Esse período é muito delicado para todos, no mundo inteiro. Se você fizer a sua parte de deixar os seus funcionários como diarista ou cozinheira em quarentena também, de modo responsável, você também contribui para a contenção do vírus e manutenção da economia.

 

O importante dessa quarentena é isolar o vírus, tentar ao máximo frear a disseminação e o contágio desenfreado do novo Covid-19, na sua casa, rua, bairro, cidade e no Brasil! Infelizmente, vivemos uma situação que não é possível que todos os trabalhadores fiquem em casa, mas é importante ressaltar que quanto mais pessoas puderem ficar isoladas, menor o risco dos que precisam sair para trabalhar! Vamos juntos combater essa pandemia.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *